Acesse seu produto

 
 
 
     
 
Site do Cliente
Usuário
Senha
  Esqueci minha senha
  Informações de acesso
IOB Educação
Clique aqui e confira nossos treinamentos.

Atualize-se e capacite-se com os melhores profissionais das áreas contábil e financeira, tributária fiscal, trabalhista e jurídica.

Soluções Fiscais

Conheça as Soluções Fiscais da IOB Folhamatic, uma linha de produtos e serviços que garante conformidade e segurança no SPED.


Clique aqui e confira!
 
Líder em softwares de gestão de tesouraria para médias e grandes empresas.

Clique aqui e conheça!

 
CONTÁBIL Voltar
   
Envie essa notícia para um amigo.
 
Desconto de duplicatas – Contabilização

Publicado em 07/04/2004 09:01

O desconto de duplicatas é uma operação financeira de curto prazo, na qual a empresa obtém recursos perante os bancos. Para sua efetivação, é preciso realizar vendas a prazo, obtendo as duplicatas de venda mercantil. Nessa operação, a instituição financeira aplica uma taxa de desconto sobre o valor nominal do título, além de cobrar as tarifas de cobrança e o IOF, e repassa à empresa tomadora os recursos pelo valor líquido (valor nominal dos títulos menos os encargos financeiros).

 

No vencimento da duplicata, quando esta for liquidada em dia, o banco fica com o valor pago pelo sacado. Não ocorrendo o pagamento no vencimento, dois ou três dias após, o banco debita a duplicata na conta da empresa que fez o desconto, e cobra novos encargos financeiros da empresa cedente dos títulos pela mora da liquidação.

 

Quando uma empresa desconta duplicatas de sua emissão nos bancos, deve contabilizar o  seu valor em conta específica, retificadora do saldo da conta de duplicatas a receber, no ativo circulante.

 

Os encargos cobrados pelo banco representam despesas antecipadas, que devem ser  registradas em conta própria, também no ativo circulante, e apropriadas em contas de resultado a medida que forem sendo incorridos, em conformidade com o regime de competência.

 

A propósito, alertamos que a legislação do Imposto de Renda impõe que as despesas financeiras, decorrentes de títulos cujo vencimento ultrapasse a data de encerramento do período-base, devem ser apropriadas pro rata tempore, nos períodos-base a que competirem (art. 374, inciso I, do RIR/99).

   
 
 
  Voltar     Veja mais notícias
 
Cartilhas IOB

Cartilhas eSocial
Cartilha do empreendedor
Comparativo MP 627/2013 X Lei 12.973/2014
 
Redes Sociais
 
Agende uma visita
Quer receber uma visita comercial para conhecer nossos produtos e serviços?
 
ISSQN      
Legislação Municipal é com a IOB.
 
Newsletter
Receba diariamente em seu e-mail as notícias mais relevantes do meio regulatório.
         
 
 
Copyright 2014 IOB. Todos os direitos reservados