facebook twitter youtube

Acesse seu produto

 
 
 
     
 

Site do Cliente


Usuário

Senha

Esqueci minha senha

Informações de acesso

------------- ou -------------

CNPJ/CPF

Código de Acesso/Email

Informações de acesso


IOB Educação
Clique aqui e confira nossos treinamentos .

Atualize-se e capacite-se com os melhores profissionais das áreas contábil e financeira, tributária fiscal, trabalhista e jurídica.

Soluções Fiscais

Conheça as Soluções Fiscais da IOB Folhamatic, uma linha de produtos e serviços que garante conformidade e segurança no SPED.


Clique aqui e confira!
 
Líder em softwares de gestão de tesouraria para médias e grandes empresas.

Clique aqui e conheça!

 
CONTÁBIL Voltar
   
Envie essa notícia para um amigo.
 
Formalidades da Escrituração Contábil

Publicado em 23/07/2004 08:49

A escrituração contábil das empresas foi normatizada por meio da Resolução CFC nº 563/1983, com alterações promovidas pelas Resoluções CFC nº 790/1995 e nº 848/1999, que aprovaram a NBC-T 2.

 

Segue teor da norma:

 

“NBC-T 2 - Da Escrituração Contábil

 

NBCT 2.1 - Das Formalidades da Escrituração Contábil

 

2.1.1 - A entidade deve manter um sistema de escrituração uniforme dos seus atos e fatos administrativos por meio de processo manual, mecanizado ou eletrônico.

 

2.1.2 - A escrituração será executada:

 

a) em idioma e moeda corrente nacionais;

 

b) em forma contábil;

 

c) em ordem cronológica de dia, mês e ano;

 

d) com ausência de espaços em branco, entrelinhas, borrões, rasuras, emendas ou transporte para as margens;

 

e) com base em documentos de origem externa ou interna, ou, na sua falta, em elementos que comprovem ou evidenciem fatos e a prática de atos administrativos.

 

2.1.2.1 - A terminologia utilizada deverá expressar o verdadeiro significado das transações.

 

2.1.2.2 - Admite-se o uso de códigos e/ou abreviaturas nos históricos dos lançamentos, desde que permanentes e uniformes, devendo constar, em elenco identificador, no “Diário” ou em registro especial revestido das formalidades extrínsecas.

 

2.1.3 - A escrituração contábil e a emissão de relatórios, peças, análises e mapas demonstrativos e demonstrações contábeis são de atribuição e responsabilidade exclusivas de contabilista legalmente habilitado.

 

2.1.4 - O Balanço e demais Demonstrações Contábeis de encerramento de exercício serão transcritos no “Diário”, completando-se com as assinaturas do contabilista e do titular ou representante legal da entidade.

 

Igual procedimento será adotado quanto às Demonstrações Contábeis elaboradas por força de disposições legais, contratuais ou estatutárias.

 

2.1.5- O “Diário” e o “Razão” constituem os registros permanentes da entidade.

 

Os registros auxiliares quando adotados, devem obedecer aos preceitos gerais da escrituração contábil, observadas as peculiaridades da sua função. No “Diário” serão lançadas, em ordem cronológica, com individuação, clareza e referência ao documento probante, todas as operações ocorridas, incluídas as de natureza aleatória, e quaisquer outros fatos que provoquem variações patrimoniais.

 

2.1.5.1 - Observado o disposto na caput, admite-se:

 

a) a escrituração do “Diário” por meio de partidas mensais;

 

b) a escrituração resumida ou sintética do “Diário”, com valores totais que não excedam a operações de um mês, desde que haja escrituração analítica lançada em registros auxiliares.

 

2.1.5.2 - Quando o “Diário” e o “Razão” forem feitos por processo que utilize fichas ou folhas soltas, deverá ser adotado o registro “Balancetes Diários e Balanços”.

 

2.1.5.3 - No caso de a entidade adotar para sua escrituração contábil o processo eletrônico, os formulários contínuos, numerados mecânica ou tipograficamente, serão destacados e encadernados em forma de livro.

 

2.1.5.4 - O livro Diário será registrado no Registro Público competente, de acordo com a legislação vigente.”

   
 
 
  Voltar     Veja mais notícias
 
Informação Importante
SEFAZ PAULISTA DESCONTINUARÁ EMISSORES GRATUITOS DE NF-e e CT-e a partir de 2017
Conheça nosso
emissor de NF-e
Faça um teste Grátis
Cartilhas IOB
» Cartilha do Imposto
   de Renda 2016
» Cartilhas eSocial
» Cartilha da Emenda
   Constitucional 2015
» Cartilha da ECD
» Cartilha da ECF
» Substituição Tributária:
O que o contador precisa saber?
Agende uma visita
Quer receber uma visita comercial para conhecer nossos produtos e serviços?
 
ISSQN      
Legislação Municipal é com a IOB.
 
Newsletter
Receba diariamente em seu e-mail as notícias mais relevantes do meio regulatório.
         
 
 
© SAGE (BR) Limited