facebook twitter youtube

Acesse seu produto

 
 
 
     
 

Site do Cliente


Usuário

Senha

Esqueci minha senha

Informações de acesso

------------- ou -------------

CNPJ/CPF

Código de Acesso/Email

Informações de acesso


IOB Educação
Clique aqui e confira nossos treinamentos .

Atualize-se e capacite-se com os melhores profissionais das áreas contábil e financeira, tributária fiscal, trabalhista e jurídica.

Soluções Fiscais

Conheça as Soluções Fiscais da IOB Folhamatic, uma linha de produtos e serviços que garante conformidade e segurança no SPED.


Clique aqui e confira!
 
Líder em softwares de gestão de tesouraria para médias e grandes empresas.

Clique aqui e conheça!

 
CONTÁBIL Voltar
   
Envie essa notícia para um amigo.
 
Contabilidade - Títulos a receber e a pagar – Conceitos

Publicado em 28/12/2004 08:54

Títulos a receber

 

Os créditos registrados na conta “Títulos a Receber” são representados, na maioria das vezes, por  notas promissórias.

 

Esses créditos podem ser originários de duplicatas não pagas no vencimento, cujos valores renegociados  passam a ser representados por notas promissórias ou por outro título equivalente com prazo de vencimento  dilatado, conforme acordo entre as partes.

 

É comum, porém, serem registrados na  conta “Títulos a Receber” os créditos não operacionais  derivados:

 

a) da alienação de bens patrimoniais ou de investimentos; e

 

b) de empréstimos concedidos a terceiros.

 

Títulos a pagar

 

A exemplo da conta “Títulos a Receber”, a conta “Títulos a Pagar” é representada, na maioria das vezes, por notas promissórias.

 

Essa conta representa, literalmente, o inverso da conta “Títulos a Receber” e, em alguns casos, pode conter valores representativos de débitos (obrigações) não quitados e renegociados com terceiros (fornecedores), derivados das operações normais da empresa.

 

Entretanto, é mais comum a classificação, na conta “Títulos a Pagar”, de débitos não relacionados com a atividade principal da empresa, tais como os derivados:

 

a) da aquisição de bens patrimoniais ou de investimentos; e

 

b) dos empréstimos obtidos de terceiros.

 

Observe-se que a classificação contábil dos empréstimos obtidos de terceiros na conta “Títulos a Pagar” se refere àqueles obtidos de empresas não financeiras.

 

No caso de empréstimos obtidos de instituições financeiras, o valor será classificado na conta “Empréstimos e Financiamentos Bancários” (ou equivalente), no Passivo Circulante, quando vencerem até o término do exercício seguinte, ou no Passivo Exigível a Longo Prazo, se tiverem vencimento com prazo maior.

 

Lembra-se que os valores lançados na conta “Títulos a Pagar” não se confundem com aqueles registráveis em “Contas a Pagar”, que abriga, na maioria das vezes, valores a pagar decorrentes da aquisição de mercadorias e de serviços de consumo próprio da empresa (aluguel, água, energia elétrica, telefone etc.).

 

(Art. 180 da Lei nº  6.404/1976)

   
 
 
  Voltar     Veja mais notícias
 
Informação Importante
SEFAZ PAULISTA DESCONTINUARÁ EMISSORES GRATUITOS DE NF-e e CT-e a partir de 2017
Conheça nosso
emissor de NF-e
Faça um teste Grátis
Cartilhas IOB
» Cartilha do Imposto
   de Renda 2016
» Cartilhas eSocial
» Cartilha da Emenda
   Constitucional 2015
» Cartilha da ECD
» Cartilha da ECF
» Substituição Tributária:
O que o contador precisa saber?
Agende uma visita
Quer receber uma visita comercial para conhecer nossos produtos e serviços?
 
ISSQN      
Legislação Municipal é com a IOB.
 
Newsletter
Receba diariamente em seu e-mail as notícias mais relevantes do meio regulatório.
         
 
 
© SAGE (BR) Limited