facebook twitter youtube

Acesse seu produto

 
 
 
     
 

Site do Cliente


Usuário

Senha

Esqueci minha senha

Informações de acesso

------------- ou -------------

CNPJ/CPF

Código de Acesso/Email

Informações de acesso


IOB Educação
Clique aqui e confira nossos treinamentos .

Atualize-se e capacite-se com os melhores profissionais das áreas contábil e financeira, tributária fiscal, trabalhista e jurídica.

Soluções Fiscais

Conheça as Soluções Fiscais da IOB Folhamatic, uma linha de produtos e serviços que garante conformidade e segurança no SPED.


Clique aqui e confira!
 
Líder em softwares de gestão de tesouraria para médias e grandes empresas.

Clique aqui e conheça!

 
CONTÁBIL Voltar
   
Envie essa notícia para um amigo.
 
Livro Registro de Duplicatas, Livros Auxiliares e Livro Razão - Observações

Publicado em 17/01/2005 08:09

O Registro de Duplicatas, embora seja um livro obrigatório perante a legislação comercial, para os efeitos do Imposto de Renda constitui um livro facultativo, excetuados os casos de sua utilização para fins de escrituração resumida do livro Diário.

 

É importante salientar que os livros auxiliares utilizados para individuação dos registros lançados no Diário, na hipótese de escrituração por partidas mensais, deverão ser autenticados nos órgãos do Registro do Comércio, ainda que estejam sujeitos à autenticação em outros órgãos (como, por exemplo, os livros Registro de Entradas e Registro de Saídas, exigidos pela legislação do ICMS e do IPI).

 

De acordo com a Instrução Normativa SRF nº 16/1984, para fins de apuração do lucro real, poderá ser aceita, pelos órgãos da Receita Federal, a escrituração do livro Diário autenticado em data posterior ao movimento das operações nele lançadas, desde que o registro e a autenticação tenham sido promovidos até a data prevista para a entrega tempestiva da declaração de rendimentos (atualmente DIPJ) do correspondente exercício financeiro.

 

Dessa forma, embora a referida Instrução Normativa não faça menção aos livros auxiliares, entende-se que a data-limite para registro do livro Diário, admitida pela Receita Federal, é extensiva aos livros auxiliares.

 

Vale lembrar que a pessoa jurídica tributada com base no lucro real deverá manter, em boa ordem e segundo as normas contábeis recomendadas, livro Razão ou fichas, utilizados para resumir e totalizar, por conta ou subconta, os lançamentos efetuados no Diário, mantidas as demais  exigências e condições previstas na legislação, observando-se que:

 

a) a escrituração deverá ser individualizada, obedecendo à ordem cronológica das operações;

 

b) a não-manutenção do livro Razão, nas condições determinadas, implicará o arbitramento do lucro da pessoa jurídica;

 

c) estão dispensados de registro ou autenticação o livro Razão ou fichas que o substituam.

 

(Art. 259 do RIR/1999)
   
 
 
  Voltar     Veja mais notícias
 
Informação Importante
SEFAZ PAULISTA DESCONTINUARÁ EMISSORES GRATUITOS DE NF-e e CT-e a partir de 2017
Conheça nosso
emissor de NF-e
Faça um teste Grátis
Cartilhas IOB
» Cartilha do Imposto
   de Renda 2016
» Cartilhas eSocial
» Cartilha da Emenda
   Constitucional 2015
» Cartilha da ECD
» Cartilha da ECF
» Substituição Tributária:
O que o contador precisa saber?
Agende uma visita
Quer receber uma visita comercial para conhecer nossos produtos e serviços?
 
ISSQN      
Legislação Municipal é com a IOB.
 
Newsletter
Receba diariamente em seu e-mail as notícias mais relevantes do meio regulatório.
         
 
 
© SAGE (BR) Limited