facebook twitter youtube

Acesse seu produto

 
 
 
     
 
Site do Cliente
Usuário
Senha
  Esqueci minha senha
  Informações de acesso
IOB Educação
Clique aqui e confira nossos treinamentos.

Atualize-se e capacite-se com os melhores profissionais das áreas contábil e financeira, tributária fiscal, trabalhista e jurídica.

Soluções Fiscais

Conheça as Soluções Fiscais da IOB Folhamatic, uma linha de produtos e serviços que garante conformidade e segurança no SPED.


Clique aqui e confira!
 
Líder em softwares de gestão de tesouraria para médias e grandes empresas.

Clique aqui e conheça!

 
CONTÁBIL Voltar
   
Envie essa notícia para um amigo.
 
Contabilidade - Constituição de empresas - Lançamentos contábeis

Publicado em 03/10/2005 08:10

Por ocasião da constituição de uma empresa, tem-se como lançamento de abertura da escrita a subscrição do capital e, em seguida, a realização (integralização), total ou parcial, desse capital, pois não se pode admitir que a empresa comece a funcionar sem que ao menos parte do capital subscrito pelos seus participantes seja realizada.

A realização do capital subscrito pode-se dar em dinheiro e/ou em bens suscetíveis de avaliação em dinheiro.

Para exemplificar, vamos admitir que duas pessoas (que designaremos como “A” e “B”) resolvam constituir uma sociedade limitada, com o capital social de R$ 800.000,00, subscrevendo cada uma 50% do capital e integralizando-o da seguinte forma:

a) o sócio “A” integralizou de sua parte R$ 200.000,00, no ato, mediante entrega de cheque de sua emissão contra o “Banco X S.A.” (compensado no mesmo dia) e os restantes R$ 200.000,00 comprometeu-se a realizar no prazo de 60 dias;

b) o sócio “B” integralizou a sua parte mediante incorporação à sociedade de um imóvel de sua propriedade, avaliado conforme laudo pericial em R$ 400.000,00, com destaque para as seguintes parcelas: R$ 160.000,00 para o terreno e R$ 240.000,00 para as edificações.

Teríamos então os seguintes lançamentos:

1) Pela subscrição do capital dos Sócios  “A” e “B”:

 

D - Capital Social a Integralizar (PL)

 

C - Capital Social Subscrito (PL)

R$ 800.000,00

 

2) Pela integralização em dinheiro do Sócio “A”:

 

D - Caixa (AC)

 

C - Capital Social a Integralizar (PL)

R$ 200.000,00

 

3) Pela integralização em bens do Sócio “B”:

 

D - Terrenos (AP)

R$ 160.000,00

D - Edifícios (AP)

R$ 240.000,00

C - Capital Social a Integralizar (PL)

R$ 400.000,00

 

AC = Ativo Circulante

AP = Ativo Permanente

PL = Patrimônio Líquido

 

Após esses lançamentos, temos a seguinte posição patrimonial da sociedade:

 

 

 

Ativo

 

 

Passivo

 

 

 

 

 

 

 

 

Ativo Circulante

 

 

 

 

 

 

 

Disponibilidade

 

 

 

 

 

 

 

 

Caixa

 

200.000,00

 

 

 

 

Permanente

 

 

Patrimônio Líquido

 

 

Imobilizado

 

 

 

Capital Social

 

 

 

Terrenos

160.000,00

 

 

 

Capital Social Subscrito

800.000,00

 

 

Edifícios

240.000,00

400.000,00

 

 

(-) Capital Social a Integralizar

(200.000,00)

Total

 

600.000,00

Total

600.000,00

 

   
 
 
  Voltar     Veja mais notícias
 
Cartilhas IOB

Cartilhas eSocial
Cartilha do empreendedor
Comparativo MP 627/2013 X Lei 12.973/2014
 
Agende uma visita
Quer receber uma visita comercial para conhecer nossos produtos e serviços?
 
ISSQN      
Legislação Municipal é com a IOB.
 
Newsletter
Receba diariamente em seu e-mail as notícias mais relevantes do meio regulatório.
 
         
 
 
Copyright 2014 IOB. Todos os direitos reservados